C, C++ e string: Uma combinação (quase) perfeita

As linguagens de programação C e C++ possuem uma relação. Praticamente vivem em harmonia e sintonia – mesmo existindo compiladores e padrões distintos. Essa combinação é que possibilita escrevermos abstrações “próximo ao metal”, estabelecendo um equilíbrio entre a compreensão (do código, que depende de ponto de vista e conhecimento) e o desempenho.

O problema é quando truques e hacks entram em ação. Um dos meus favoritos com C++ é sobrescrever no buffer de uma string. Isso é feito através do retorno do método c_str(), que disponibiliza um ponteiro para este buffer interno. No entanto, é necessário fazer um const_cast para remover o constness do ponteiro e assim sobrescreve-lo.

Os exemplos que elaborei para este post são uma tentativa de simular um problema real que me custou quase um dia inteiro de depuração, por causa de um hacking “metido a besta”. 🙂

Continuar lendo

Anúncios

Construtor e Operador =

Constructors e operador =

É bem comum que as pessoas não entendam e nem saibam a razão de existir o copy/move constructor e assignment operator.
Por padrão, classes no C++ são do tipo value_type. Isso faz com que ao atribuir algo a uma variável de classe, uma cópia de ponteiros não possa ser feita pela classe estar localizada na stack.
O operador de cópia e movimentação faz com que não sejam gastos ciclos desnecessários pelo programa.

Continuar lendo